CSJ - Cia de Saneamento de Jundiaí

Enquanto você navega,
m³ de esgoto estão sendo tratados.

Jundiaí está mais uma vez entre os melhores colocados no Ranking do Saneamento

27/02/2015

Jundiaí (SP), fevereiro de 2015 – O município de Jundiaí, interior de São Paulo, ficou em 5º colocado no “Ranking do Saneamento 2014” do Instituto Trata Brasil, que monitora e dá visibilidade aos avanços do saneamento nas maiores cidades brasileiras. Entre os itens avaliados no diagnóstico dos principais indicadores de saneamento básico dos 100 maiores municípios do Brasil estão abastecimento de água, coleta e tratamento de esgotos, perdas, investimentos e arrecadação.

O objetivo do ranking é valorizar os esforços das cidades mais bem posicionadas e incentivar outras a evoluir para que a população tenha melhor qualidade de vida. A base de dados consultada nessa edição foi extraída do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS 2012) do Ministério das Cidades.
 
Para o diretor da Companhia de Saneamento de Jundiaí (CSJ), Luiz Pannuti Carra, o resultado mostra o esforço contínuo da DAE S/A e da CSJ para o tratamento e destinação adequados do esgoto da região. “O trabalho de Jundiaí vem sendo reconhecido desde o início do Ranking do Saneamento, em 2008, e procuramos sempre aprimorar a operação, garantindo um saneamento de qualidade e, principalmente, respeitando o meio ambiente”.
 
Este ranking traz como novidade o desenvolvimento dos serviços de água e esgoto dos 20 melhores e 10 piores municípios, onde é possível detectar quais destas cidades atingiriam a meta de universalização do saneamento básico para 20 anos.
 
Sobre a ETE Jundiaí
 
Fundada em 1996, a Cia Saneamento de Jundiaí (CSJ) construiu a ETEJ, Estação de Tratamento de Esgotos de Jundiaí, com o objetivo de tratar todo o esgoto da cidade. A meta foi atingida e hoje todo o esgoto coletado pela DAE S/A recebe tratamento e destinação adequados, garantindo um saneamento de qualidade e respeitando o meio ambiente. Além disso, o lodo produzido no processo é reciclado e beneficia a agricultura, sendo usado em culturas que não são de consumo direto da população
 
Com a parceria das empresas associadas, a Companhia passou a tratar o esgoto doméstico e industrial da cidade de Jundiaí, procurando sempre aprimorar sua operação, além de desenvolver projetos sociais de profissionalização, educação e conscientização. 
 
Confira o relatório e ranking completo do Instituto Trata Brasil aqui:
 
 
 
por Instituto Trata Brasil